juventude socialista – que juventude é esta…?!

Publicado Julho 1, 2008 por ocanto
Categorias: Uncategorized

Transcrevemos do Diário de Notícias de hoje, 1 de Julho de 2008:

“A Juventude Socialista (JS) vai a congresso com um único candidato, que aposta nas questões fracturantes. Casamento homossexual, adopção por casais ‘gay’ ou o reconhecimento da mudança de sexo na lei portuguesa são algumas das reivindicações da Jota socialista.”

A proposta contempla ainda a legalização da prostituição e das drogas leves, e o debate sobre a eutanásia.

São estes os dirigentes que, um dia, poderão vir a tomar parte nas grandes decisões nacionais…

Anúncios

Ponte 2008 – Saúde e Educação em Tempo de Paz

Publicado Junho 19, 2008 por ocanto
Categorias: Uncategorized

Bom dia, caros visitantes e amigos.

Vimos transmitir um pedido de ajuda formulado por jovens que se preparam para rumar, em missão, até Angola.

Trata-se de um projecto de voluntariado do grupo de Jovens Missionário, “Jovens Sem Fronteiras”.

“Jovens Sem Fronteiras” é um Movimento Missionário de Jovens que procura participar activamente na Igreja, contribuindo para construir no Mundo o Reino da Fraternidade e Solidariedade.
É um Movimento Missionário para Jovens, que teve origem com os Missionários do Espírito Santo, em 1983, e que tem como objectivos, nomeadamente, viver, aprofundar e testemunhar a fé em Jesus Cristo; viver e despertar nos outros jovens uma fraternidade universal e solidariedade humana; participar na actividade missionária da Igreja local,diocesana e universal; participar em iniciativas contra os males que afligem a humanidade: fome, miséria, guerra, injustiças, analfabetismo, racismo, tortura, violação dos direitos humanos…

Como qualquer projecto de voluntariado, muito esforço e empenho são necessários para levar avante os propósitos de quem o toma, e toda a ajuda é bem-vinda!

A empresa TMN está a organizar um concurso que visa financiar um projecto de voluntariado, e os Jovens Sem Fronteiras concorreram com o Projecto: Ponte 2008 – Saúde e Educação em Tempo de Paz!
Estes jovens pedem a ajuda de todos vós!
Passo a explicar:

O “Causas Superiores TMN” é um concurso organizado pela TMN, onde estão inscritos vários grupos de voluntariado, constituídos por estudantes universitários.

Sol Sem Fronteiras/Jovens Sem Fronteiras está a concorrer com o Projecto Ponte 2008, que se irá realizar em Agosto, em Angola (Chinguar).

Este grupo de jovens (17), acompanhados pelo coordenador do projecto, Pe. Tony Neves, viajará até à missão do Chinguar em Angola, a meio caminho entre o Huambo e o Kuito-Bié, onde se encontrarão com o o Pe. Agostinho Loureiro e as Irmãs de S. José Cluny. O encontro de culturas, algo insubstituível no crescimento pessoal e na vivência de uma solidariedade efectiva, traduzir-se-á em algumas actividades concretas como trabalho e formação na área da saúde materno-infantil, formação de professores, intervenções na área da justiça e direitos humanos, dinamização de actividades com crianças e jovens, promoção da mulher, cursos de informática e música.

O concurso organizado pela TMN e Canal UP visa dar visibilidade e projecção às causas mais nobres, e premiá-las.

www.causassuperiorestmn.com

O prémio da causa vencedora é de 2500€, montante esse que irá ajudar a financiar o projecto vencedor.

Para poder ser a causa vencedora, é necessário ficar entre os 5 projectos com mais subscrições e, desses 5, o vencedor será escolhido por um júri.

Os jovens concorrentes pedem a vossa ajuda, no sentido de votarem e divulgarem esta informação pelos vossos amigos, colegas, familiares e conhecidos, para também esses poderem votar no projecto Ponte 2008.

 

Como fazer a subscrição:

 

1. Ir ao site – www.causassuperiorestmn.com

2. Clicar em Causas Candidatas (carregar em seguintes > até aparecer o projecto: PONTE 2008)

3. Clicar nessa imagem respeitante ao nosso projecto Ponte 2008

4. Clicar em Subscreve esta causa

5. Preencher com o Nome e o nº do BI

(atenção: é imprescindível escrever o nº que se encontra no quadradinho a seguir ao nº do BI)

 

Quem quiser poderá também deixar um comentário de incentivo.

As votações decorrem até dia 4 de Julho.

Podem ir acompanhando o ranking das votações no site.
 
 

Pedimos que subscrevam esta causa e que divulguem a informação para que mais pessoas possam ter conhecimento do projecto, e o possam subscrever.

Inscrevam também todos os vossos familiares, amigos, colegas… Todos fazem falta!

Muito obrigado!

 

Assim vai o negócio do assassínio de bebés inocentes…

Publicado Abril 11, 2008 por ocanto
Categorias: Aborto, Vida

Transnacional anti-vida obteve lucros de 112 milhões de dólares com abortos em apenas um ano

 

WASHINGTON DC, 04 Abr. 08 / 07:00 pm (ACI)

 

A agência “LifeSiteNews.com” deu a conhecer o relatório anual 2006/2007 da organização abortiva “Planned Parenthood Federation of America” (PPFA).

 

Segundo este documento, o grupo realizou neste período 289.650 abortos e obteve lucros de 112 milhões de dólares.

 

Com estas cifras, a PPFA superou os abortos realizados em 2005, e os 55,7 milhões de dólares de lucros que obteve nesse mesmo ano.

 

O relatório também assinala que a transnacional recebeu do governo dos Estados Unidos 336 milhões de dólares em recursos para as suas actividades abortivas.

 

Esta contribuição do governo continuou, apesar dos diversos escândalos em que se viu envolvida a PPFA em várias zonas do país. Em 2002, o grupo pró-vida “Life Dynamics” denunciou como os conselheiros das clínicas abortivas do PPFA insistiam em ocultar a idade dos companheiros sexuais de jovens grávidas, para não ter que denunciá-los diante das autoridades por violação.

 

O relatório anual da PPFA inclui na sua última página que esta organização abortiva foi fundada por Margaret Sanger em 1916, como a primeira clínica de controlo de nascimentos nos Estados Unidos.

 

Fonte: ACI digital

 

 Três breves comentários:

 

 1. Será que toda esta gente – médicos(?!) incluídos – dorme sossegada, depois de um dia de “trabalho” a mutilar e a matar impiedosamente estes pequeninos e indefesos seres humanos… filhos de Deus e seus irmãos … ?

2. O último parágrafo da notícia espelha bem a capa com que se envolve e disfarça com abjectos eufemismos a verdade horrorosa acerca do aborto!

3. Que pensarão os nossos governantes – que tanto incentivaram ao voto no sim ao aborto – ao lerem (será que lêem?) estas notícias ou outras semelhantes?

Papa Bento XVI baptiza ex-crente do Islamismo

Publicado Abril 2, 2008 por ocanto
Categorias: Uncategorized

Magdi Allam, jornalista e subdirector do periódico italiano “Corriere della Sera”,  converteu-se ao catolicismo e foi baptizado no Domingo de Páscoa pelo Papa Bento XVI, depois de ter renegado a religião islâmica.

Allam, um jornalista de origem muçulmana, descreve o Islamismo como instrinsecamente violento, caracterizado pelo ódio e pela violencia,  em vez do amor e do respeito pelos outros.

Em carta publicada no seu próprio jornal, Allam explica que “se libertou do obscurantismo de uma ideologia que legitima a mentira e a dissimulação, e a morte violenta; que induz ao homicídio e ao suicídio, à submissão cega e à tirania”.

Magdi Allam considera que agora, após o seu baptismo, se uniu à autêntica religião da verdade, da vida e da liberdade”.

Não soube do mundo

Publicado Fevereiro 29, 2008 por ocanto
Categorias: Aborto, Poesia, Vida

Com a devida vénia, transcrevemos do blogue do nosso querido amigo Professor Felipe Aquino, este belíssimo e comovente poema sobre os bebés que não chegam a conhecer o mundo – vítimas dos abortistas…

SEM NOME    (NÃO SOUBE DO MUNDO)

Era tão pequeno, que ninguém o via.
Dormia sereno enquanto crescia.
Sem falar, pedia – porque era semente –
Ver a luz do dia
Como toda a gente…

Não tinha usurpado a sua morada.
Não tinha pecado; não fizera nada.
Foi sacrificado enquanto dormia;
Esterilizado com toda a maestria.

Antes que a tivesse, taparam-lhe a boca;
Tratado, parece, qual bicho na toca,
Não soltou vagido, não teve amanhã;
Não ouviu “Querido”…Não disse “Mamã”…

Não sentiu um beijo; nunca andou ao colo;
Nunca teve o ensejo de pisar o solo;
Pezito descalço, andar hesitante,
Sorrindo no encalço do abraço distante.

Nunca foi à escola, de sacola ao ombro,
nem olhou estrelas com olhos de assombro.
Crianças iguais à que ele seria,
Não brincou com elas, nem soube que havia.

Não roubou maçãs, não ouviu os grilos;
Não apanhou rãs nos charcos tranquilos.
Nunca teve um cão, vadio que fosse,
A lamber-lhe a mão à espera do doce.

Não soube que há rios e ventos e espaços,
E invernos e estios, e mares e sargaços;
E flores e poentes, e peixes e feras
-as hoje viventes e as de antigas eras.

Não soube do mundo: não viu a magia.
Num breve segundo, foi neutralizado
Com toda a maestria, com as alvas batas,
Máscaras de entrudo, técnicas exactas.

Mãos de especialistas
negaram-lhe tudo
( o destino inteiro…)
– porque os abortistas
nasceram primeiro.

Renato de Azevedo

“Balanço”

Publicado Fevereiro 15, 2008 por ocanto
Categorias: Aborto

Um ano depois do “sim” à IVG, os socialistas fazem balanço…

O PS assinalou ontem a passagem do primeiro ano sobre a vitória do ‘sim’ no referendo sobre a despenalização do aborto, considerando que a nova lei é uma das iniciativas que mais honra os socialistas. “A lei aprovada a 17 de Abril na Assembleia da República é uma das que mais se destaca na X legislatura e uma das que mais honra o PS”, afirmou a deputada do PS, Ana Catarina Mendes, numa declaração política no plenário da Assembleia da República. 

Fazendo uma “avaliação preliminar” da nova lei, Ana Catarina Mendes recordou que, de acordo com os dados disponíveis, entre 15 de Julho e o final de Dezembro de 2007, realizaram-se 6099 abortos. Porém, mais do que comentar os números, a deputada quis sublinhar que é importante reconhecer que a despenalização da interrupção voluntária da gravidez (IVG) nas primeiras dez semanas foi uma “opção política de significado filosófico claro e não susceptível de ser diminuída pelos números”.

Numerosos são aqueles que poderiam filosofar sobre esta matéria…
E claro está que este vergonhoso “balanço” é próprio de quem não tem um pingo de moral, não sabe o que são valores, e muito menos o que é a dignidade humana!

Natal

Publicado Dezembro 25, 2007 por ocanto
Categorias: Uncategorized

O nascimento de uma criança é algo tão maravilhoso!
O acontecimento que celebramos hoje renova para nós os primeiros instantes da vida sagrada de Jesus, nascido da
Virgem Maria. 

E, enquanto adoramos o nascimento de Jesus, nosso Salvador, celebramos também o nosso renascimento pelo sacramento do Baptismo que Ele instituiu.

Oxalá o mistério do nascimento de  Jesus Cristo, Salvador, venha a trazer de verdade Glória a Deus nos Céus e Paz aos homens, neste mundo tão carregado de violência e de pecado.

Que o espírito do Natal aqueça os nossos corações, tornando-nos a todos pessoas melhores e mais felizes!

Apreciar a paz e a benevolência, ser abundante em clemência, é ter o real espírito de Natal.

FELIZ NATAL a todos!