Archive for the ‘Cultura’ category

“O Senhor Jesus de Alvor” (Lenda)

Junho 13, 2010

A lenda “O Senhor Jesus de Alvor” fala-nos de um povo de uma terra pesqueira (Alvor – situada no barlavento algarvio, vizinha de Portimão) que foi agraciado por uma oferta muito especial de Deus.

A história passa-se na costa de Alvor, nos meados do século XVIII.

Um dia, os pescadores desta terra vêem um caixão  que balouça, ao longe, no cimo das ondas… O caixão chega à beira-mar e encalha na praia.

Os pescadores descobrem, atónitos, que, dentro do caixão se encontra uma doce imagem de Jesus crucificado, e, no fundo, uma inscrição com os dizeres: “Senhor Jesus – Praias de Alvor”.

Alegres e felizes com a descoberta – que consideram um presente do Céu – decidem levar a imagem para a igreja matriz, onde a colocam no altar. Tem de ser transportada por quinze homens, tal o seu peso!

Desde essa altura sucedem-se notáveis prodígios. Tantos, que os povos vizinhos começaram a invejar a imagem, e tentaram roubá-la. No entanto, (mais…)

Anúncios

HOJE CELEBRA-SE A MEMÓRIA DE SÃO LOURENÇO (mártir)

Agosto 10, 2009

São Lourenço nasceu no início do século III, em Huesca, cidade espanhola. Os seus pais, ambos cristãos, deram-lhe uma excelente educação.

São Lourenço

São Lourenço

Ainda jovem, movido por um santo zelo, foi viver para Roma em busca do centro da religião cristã. Naqueles tempos, os cristãos eram perseguidos porque se recusavam a prestar culto ao imperador e aos deuses pagãos. Isto enfurecia o imperador romano, pois ele próprio se considerava um deus.

No ano 258, o imperador Valeriano  desencadeou uma grande perseguição contra os cristãos. São Lourenço era, nessa altura, o primeiro dos sete diáconos da Igreja romana. Desempenhava uma função muito importante pois era o primeiro responsável pelas coisas da Igreja: administrava os bens da Igreja, e olhava pelos necessitados, pelos doentes, pelos órfãos e viúvas, e distribuía as esmolas dos fiéis pelos pobres.

 São Lourenço foi preso e intimado a comparecer diante de um representante do imperador, a fim de prestar contas dos bens e das riquezas que a Igreja possuía. O santo pediu um prazo para fazer isso, dizendo que entregaria tudo. Confessou que a Igreja era muito rica, e que a sua riqueza ultrapassava a do imperador. Foram-lhe então concedidos três dias para que ele mostrasse os bens e riquezas que a Igreja possuía. São Lourenço reuniu os cegos, os aleijados, os velhos, as viúvas, os órfãos, os doentes e desamparados… e compareceu diante das autoridades, dizendo que esse era o tesouro da Igreja!

Indignado, o governador destinou-o a um suplício especialmente cruel: amarrado sobre uma grelha, foi assado vivo, lentamente, no meio dos tormentos mais cruéis, sem vacilar na Fé, mas proclamando, com alegria, o seu amor a Deus.

São Lourenço aproveitou os últimos instantes da sua vida para rezar pela conversão dos pagãos e dos perseguidores do cristianismo. E encomendou a sua alma ao Criador, ao expirar no ano 259, a 10 de Agosto, dia em que é venerado com o maior respeito e admiração por todos os católicos.

 

No Algarve, em Almancil, concelho de Loulé, uma igreja belíssima, com altar em talha dourada, foi dedicada, em 1730, a São Lourenço. Vale a pena visitá-la e apreciar os primorosos frescos que retratam episódios da vida de São Lourenço, em particular, os momentos do seu martírio.

Amanhã é dia de… festa!

Janeiro 19, 2007

Festa em muitos lugares e por vários motivos. Mas quero tão só evidenciar duas em particular.  Em Querença, como reza a tradição, é dia de festa em honra do padroeiro São Luís, santo protector dos animais. Mais conhecida como festa das chouriças, nela todos os visitantes se poderão deliciar, não só com o sabor da tradicional chouriça caseira assada, mas também com os temas musicais apresentados pelo Grupo Musical de Santa Maria (de Faro), pelo Grupo de Janeiras da Cortelha, Grupo de Janeiras de Querença, e Grupo “Charola da Malta” (de Stª Bárbara de Nexe).
A festa terá início às 16h, com as actuações destes grupos no Salão de Festas da Casa do Povo de Querença, constituindo verdadeiro Encontro de Janeiras e Cantares Populares.  Sem dúvida, belos motivos para não perder esta festa popular da serra algarvia.

E em Loulé, pela primeira vez se realizará a festa em louvor de São Sebastião (um dos padroeiros desta bela cidade), com celebração eucarística na Igreja de São Francisco, às 18horas, seguindo-se um momento de convívio no Centro Paroquial de Loulé, com jantar e actuações de ranchos folclóricos da terra. Esta festa será ainda embelezada com mais alegria, pois tomará também a forma de homenagem ao senhor Padre Nobre, bom pastor deste povo durante 39 anos, que decerto ficará muito feliz com esse gesto bonito do povo que serviu.

Sé de Faro inaugura órgão restaurado

Janeiro 19, 2007

Neste sábado, a Sé Catedral de Faro recebe o acto inaugural do restauro do seu histórico órgão barroco. A cerimónia conta com um concerto de órgão por Nuno Alexandrino e com a participação especial do Grupo Coral Adágio.
A entrada é livre 😉
Mais informações em http://www.barlavento.online.pt/index.php/noticia?id=12030

Exposição de Pintura de Sidónio de Almeida

Janeiro 19, 2007

Sidónio José de Almeida, pintor, caricaturista e escultor, grande e humilde homem das artes, tem nestes dias a merecida homenagem (póstuma) na terra onde nasceu.
A Galeria Municipal Trem, situada na Rua do Trem, em Faro, expõe, desde o passado dia 13 de Janeiro, uma colecção de obras deste inaudito artista farense. A exposição poderá ser visitada até ao dia 11 de Fevereiro, no seguinte horário:
De terça a sexta, das 10h às 18h;
Aos sábados e domingos, das 10h30 às 17h.
A entrada é gratuita, portanto, não há desculpa para não visitar 😉